A Nova Pirâmide da Dieta Mediterrânea

0 Flares 0 Flares ×

A nova piramide

Estudiosos e representantes de instituições internacionais relacionados a Dieta Mediterrânea se encontraram em um Congresso na cidade de Parma,em novembro de 2009, para em conjunto desenvolverem a nova pirâmide da dieta mediterrânea. A figura acima representa a evolução da pirâmide.

Em geral, a dieta mediterrânea é a única dieta que pode garantir um equilíbrio nutricional e um estado de saúde ideal.

Velha e nova pirâmide alimentar: o que mudou?

Embora a dieta mediterrânea represente já há algum tempo um regime alimentar completo, ela tem sofrido revisões em função de um novo modelo de vida, que leva em consideração as mudanças nos hábitos alimentares, e as mais recentes descobertas no campo da nutrição.

Um dos pontos contestados e revistos foi a questão das gorduras, atualmente sabemos que nem todas as gorduras tem os mesmos valores nutricionais. Na antiga pirâmide essas gorduras se situavam em direção ao vértice, ou seja, orientadas a um consumo semanal.

Em vez disso, apenas as gorduras saturadas (de origem animal, como por exemplo, a manteiga) mantém essa posição, as gorduras de origem vegetal passam a ser colocadas na direção da base da pirâmide, podendo ser consumidas diariamente. Vale lembrar que o exemplo de gordura vegetal é o azeite de oliva, símbolo da dieta mediterrânea.

azeite cabeçalho temaUm outro argumento colocado em questão foi a diferença entre os carboidratos simples (frutas, legumes, verduras) e os complexos (pães, batatas, massas) que quando consumidos exacerbadamente não são a escolha mais adequada para uma alimentação equilibrada.

Sabemos que nem todos os carboidratos possuem o mesmo valor nutricional, a diferença entre essas duas categorias é devido a sua diferente propensão  de liberar glicose no sangue (aumento da insulina) que provoca o acúmulo de gorduras no nosso organismo. Importante lembrar que os carboidratos são fundamentais na nossa alimentação porque são os responsáveis por gerar energia para o nosso organismo. Na nova pirâmide temos um consumo de carboidratos complexos moderado, dando preferência aos integrais.

Carboidratos simples e complexos A nova pirâmide enfatiza também  a importância de um estilo de vida saudável com três pontos chaves que se encontram na base da pirâmide, e que foram incluídos nessa nova versão:

1-) Importância da vivência a mesa, ou seja, na escolha dos alimentos, fazer da arte de cozinhar uma atividade importante. Cozinhar pode ser divertido e relaxante;

2-) A sazonalidade, a biodiversidade, escolha de alimentos frescos de acordo com sua estação, a fim de nos garantir a ingestão máxima de substâncias saudáveis e nutrientes para a nossa alimentação em respeito ao meio ambiente.

3-) Importância vital de atividades físicas. Para ter um estilo de vida saudável se aconselha fazer atividades físicas todos os dias, por pelo menos meia hora.

Dieta Mediterranea - Beneficios1O novo modelo de referência da nova pirâmide prevê:

1- ) Consumo de pouca carne e muitos vegetais;
2- ) Menos grãos e derivados refinados, e mais alimentos com baixo índice glicêmico (cereais integrais);
3- ) Uso de gorduras “boas” (azeite de oliva, peixes, frutas secas oleaginosas, tais como nozes, amêndoas, avelãs…);
4- ) Uso de especiarias e ervas, ao invés do sal;
5- ) Dar preferência a pequenas e simples refeições ao longo do dia;
6- ) Variedade de alimentos durante a semana;
7- ) Pelo menos um litro e meio de água todos os dias. Beber frequentemente, e em pequenas quantidades. Evitar refrigerantes e bebidas doces;
8- ) Consumo de doces com moderação (duas vezes por semana).

Bibliografia: g&life science

 

Emagreça com saúde!
Receba um e-book GRÁTIS, obtenha um estilo de VIDA SAUDÁVEL e nunca mais se preocupe com seu PESO!

Respeito sua privacidade!! NUNCA enviarei SPAM!!

Deixe aqui seu comentário!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×